Rectangle 3

TÁ NA HORA DE ROLL AND FEEL

TÁ NA HORA DE ROLL AND FEEL

Rectangle 3

OSCAR 2024: OS VENCEDORES DA 96ª EDIÇÃO

Winners of the Oscars 2024

Os Óscares podem não estar a bater nenhum recorde de audiência nos últimos anos. Os números estão a cair e a concorrência está a tornar-se mais dura. As audiências estão a sintonizar-se em plataformas de streaming ou a explorar outras formas de entretenimento, como os jogos de vídeo, a nova grande novidade na indústria do lazer. 

Os Óscares continuam e continuarão a ser um espetáculo porque todos os anos filmes de grande sucesso disputam as cobiçadas estatuetas. É esse momento que junta todos os cinéfilos para criticar, comentar ou simplesmente esperar que seja feita justiça ao melhor filme. 

E, claro, é a noite em que as estrelas brilham mais intensamente. Nada se compara à passadeira vermelha dos Óscares. E não esqueçamos o seu aspeto promocional. A sensação de ter de ver um filme vencedor ou nomeado na gala deu-nos a todos o prazer de descobrir alguns dos nossos filmes favoritos. 

É por isso que se diz que os Óscares são os Prémios Goya dos Estados Unidos (bem, é o contrário, mas não se esqueça de ficar de olho nos Prémios Goya de 2024). Depois dos anos de Covid e da crise dos prémios e dos anfitriões, a cerimónia de 2023, a 95ª, voltou um pouco ao habitual. Há coisas que é melhor deixar inalteradas. 

No entanto, o triunfo de Everything Everywhere All at Once indica que, tal como com Nomadland ou Parasite, os Prémios da Academia estão a tornar-se mais surpreendentes, modernos e dinâmicos. 

A expansão, o rejuvenescimento e a diversificação dos votantes têm certamente algo a ver com isso. Tudo o que sabemos é que os últimos Óscares surpreenderam toda a gente, e esperamos que o mesmo aconteça nas próximas edições. A 96ª edição dos Óscares, os Prémios da Academia de Hollywood, está aqui!

Óscares 2024: 96º Prémio da Academia

A temporada de prémios cinematográficos chegou ao fim. Com a lista de vencedores dos Globos de Ouro de 2024 já completa, e ainda a recuperar dos Prémios Goya de 2024 e dos Fotogramas de Plata de 2023, é tempo de rever o grande final da corrida aos prémios, que culmina nos Óscares de 2024. 

A Espanha esteve duplamente representada no Dolby Theatre com Juan Antonio Bayona e “A Sociedade da Neve” e Pablo Berger com o seu “Robot Dreams”… Mas acabaram por sair de mãos vazias. 

Depois de Al Pacino ter subido ao palco e interrompido o momento mais aguardado dos Óscares de 2024, “Oppenheimer” emergiu como o grande vencedor da noite, arrebatando 7 estatuetas, incluindo Melhor Ator Principal (Cillian Murphy), Melhor Ator Secundário (Robert Downey Jr.), Melhor Realizador (Christopher Nolan) e Melhor Filme.), Melhor Realizador (Christopher Nolan) e Melhor Filme, ultrapassando os restantes concorrentes ao prémio máximo: “Ficção Americana”, “Anatomia de uma Queda”, “Barbie”, “Assassinos da Lua Flor”, “Aqueles que Ficam”, “Mestre”, “Coisas Pobres”, “Vidas Passadas” e “A Zona de Interesse”. 

Aqui está a lista completa dos vencedores dos Óscares de 2024, actualizada em direto durante a cerimónia!

Lista completa dos vencedores dos Óscares de 2024

Melhor Filme nos Óscares de 2024

Mais uma vez, a categoria mais extensa é a de Melhor Filme. Lembre-se, enquanto cada ramo da Academia de Hollywood selecciona e vota apenas nos filmes da sua categoria profissional específica, todos votam nesta categoria. Por outras palavras, para além de ser a soma das suas partes, Melhor Filme é a categoria mais desafiante e imprevisível. “Oppenheimer” lidera com o maior número de nomeações e tem fortes hipóteses. 

No entanto, mantemo-nos firmes e prevemos uma vitória para “Barbie”. Se nos armarmos em cinéfilos, as surpresas poderão vir de “Anatomia de uma Queda”, “A Zona de Interesse” ou “Vidas Passadas”. Ainda assim, “Poor Things” tem a melhor hipótese depois de Oppenheimer. 

Tudo o resto seria um choque, incluindo uma vitória de “Maestro” ou “Those Who Stay” (embora este último pareça mais possível à medida que o tempo passa). No entanto, a maior surpresa seria “American Fiction” ganhar o Óscar de Melhor Filme.

E, finalmente, o vencedor foi, sem surpresa, Oppenheimer!

  • Ficção americana
  • Anatomia de uma queda
  • Barbie
  • Os que ficam
  • Assassinos da Lua Florida
  • Maestro
  • Oppenheimer (vencedor)
  • Vidas passadas
  • A zona de interesse
  • Coisas pobres 

Melhor Realizador: Óscares 2024

Para muitos, o filme que ganha o prémio de Melhor Realizador deveria ser o vencedor do Óscar, mas nem sempre é esse o caso. Este prémio é escolhido apenas pelos realizadores e a sua opinião pode ser muito diferente da opinião da Academia. No entanto, como cinéfilos, este deveria ser o prémio mais importante. 

Ainda estamos em choque por Greta Gerwig ter ficado de fora com “Barbie”. Também gostaríamos de ter visto Celine Song com “Vidas Passadas” ou Bradley Cooper com “Maestro”. A presença feminina é representada por Justine Triet, de “Anatomia de uma Queda”. 

Jonathan Glazer também faz um trabalho espetacular em “A Zona de Interesse”. No entanto, é claro que os nomes mais proeminentes são os três restantes: Martin Scorsese para “Killers of the Flower Moon”, Christopher Nolan para Oppenheimer e Yorgos Lanthimos para “Poor Things.

E, finalmente, o vencedor foi Christopher Nolan por Oppenheimer!

  • Justine Triet para Anatomia de uma queda
  • Martin Scorsese para Killers of the Flower Moon
  • Christopher Nolan por Oppenheimer (Vencedor)
  • Yorgos Lanthimos para Poor Things (Coisas Pobres)
  • Jonathan Glazer para A Zona de Interesse 

AS 9 MELHORES SÉRIES DE TODOS OS TEMPOS: CONCORDA?

Melhor Atriz Principal nos Óscares de 2024

Para muitos, não há prémio mais importante nos Óscares do que as categorias de actores principais; é o momento em que as estrelas mais brilhantes brilham. Nesta categoria, a ausência de Margot Robbie, que parecia ter tido o papel da sua vida em “Barbie”, vai pesar muito. No entanto, para além da surpresa de Anette Benning por “Nyad”, Lily Gladstone com “Killers of the Flower Moon”, Carey Mulligan em “Maestro”, Sandra Hüller em “Anatomia de um Assassinato” e Emma Stone em “Poor Things” também merecem a estatueta. 

Tendo tudo isto em conta, Emma Stone é a favorita para ganhar o seu segundo Óscar com Poor Things. Também sentimos falta de Greta Lee de Vidas Passadas, mas se Stone não ganhar o Óscar de Melhor Atriz, damos o prémio a Sandra Hüller por Anatomia de uma Queda.

E, finalmente, a vencedora foi Emma Stone por Poor Things!

  • Anette Benning para Nyad
  • Lily Gladstone para Killers of the Flower Moon (Assassinos da Lua Florida)
  • Sandra Huller para Anatomia de uma Queda
  • Carey Mulligan para Maestro
  • Emma Stone por Poor Things (Vencedor)

Melhor ator principal nos Óscares de 2024

Para além da queda de “Napoleão” e, com ela, da oportunidade de Joaquin Phoenix ao Óscar, os protagonistas masculinos também têm uma categoria forte. Rustin passou um pouco despercebido, mas valeu a Colman Domingo uma nomeação. “Those Who Stay” é mais do que apenas Paul Giamatti, mas o seu desempenho é digno de surpreender. 

Bradley Cooper como Leonard Bernstein em “Maestro” ou Jeffrey Wright em “American Fiction” não podiam ficar de fora. No entanto, o favorito parece ser Cillian Murphy com Oppenheimer.

E finalmente, o vencedor foi Cillian Murphy por Oppenheimer!

  • Bradley Cooper para Maestro
  • Colman Domingo para Rustin
  • Paul Giamatti para Aqueles que ficam
  • Cillian Murphy por Oppenheimer (Vencedor)
  • Jeffrey Wright para American Fiction (Ficção Americana)

Melhor ator coadjuvante nos Óscares de 2024

Não há um bom filme sem bons actores secundários; muitas vezes, são eles que elevam o filme. American Fiction é uma grande surpresa e Sterling K. Brown está nomeado para este prémio. 

No entanto, os outros quatro podem ser classificados como gigantes. Tanto Robert De Niro, com “Killers of the Flower Moon”, como Robert Downey Jr., com “Oppenheimer”, ou Mark Ruffalo, com “Poor Things”, estão no auge das suas carreiras. No entanto, acreditamos que o mundo seria um lugar melhor se Ryan Gosling ganhasse o Óscar pelo seu Ken em Barbie.

E, finalmente, o vencedor foi Robert Downey Jr. por Oppenheimer!

  • Sterling K. Brown para Ficção Americana
  • Robert Downey Jr. por Oppenheimer (Vencedor)
  • Mark Ruffalo para o filme Poor Things (Coisas Pobres)
  • Robert De Niro para Killers of the Flower Moon (Assassinos da Lua Florida)
  • Ryan Gosling para Barbie

Melhor Atriz Secundária nos Óscares de 2024

Depois de muitas críticas ao seu papel de esposa obediente, Emily Blunt juntou-se à onda de “Oppenheimer”, à frente da sua colega Florence Pugh, protagonista das polémicas cenas de sexo do filme. Mais surpreendente foi não ver Margot Robbie, mas sim America Ferrera em “Barbie”. Jodie Foster completa a surpresa de “Nyad”. Danielle Brooks representa o desfalcado “The Color Purple” e Da’Vine Joy Randolph pode ser o prémio para “Those Who Stay”.

E, finalmente, a vencedora foi Da’Vine Joy Randolph por Those Who Stay!

  • Emily Blunt para Oppenheimer
  • Danielle Brooks para The Color Purple (A Cor Púrpura)
  • America Ferrara para Barbie
  • Jodie Foster para Nyad
  • Da’Vine Joy Randolph por Those Who Stay (Vencedor)

Melhor filme internacional nos Óscares de 2024

“La sociedad de la nieve” chegou finalmente ao top dos cinco filmes nomeados para a categoria de Melhor Filme Internacional. A ausência de “Anatomia de uma Queda” (a França não o apresentou) e de “Vidas Passadas” (apesar de, em coreano, ser uma produção americana) torna-o, de facto, um claro candidato ao prémio. O seu principal rival será o espetacular The Zone of Interest, que concorre nas principais categorias. 

O italiano “Yo, Capitán”, o japonês “Perfect Days” e o alemão “Teacher’s Lounge” são também concorrentes de peso.

E finalmente, o vencedor foi La Zona de interés!

  • Yo, Capitán
  • A sociedade da peneira Dias perfeitos
  • La zona de interés (vencedor)
  • Sala de professores

Melhor filme de animação nos Óscares de 2024

À primeira vista, “O Rapaz e a Garça”, de Hayao Miyazaki, é o favorito ao Óscar, mas até agora o anime só ganhou uma vez, com “Spirited Away”, de Miyazaki. Os filmes da Pixar “Elemental” e “Homem-Aranha: Através do Multiverso” são também fortes concorrentes do filme espanhol “Sonhos de Robô”. Apesar de não ser o favorito, a produção de Pablo Berger pode surpreender, tal como “Nimona”, da Netflix.

E finalmente, o vencedor foi O Rapaz e a Garça!

  • O Rapaz e a Garça (vencedor)
  • Elemental
  • Nimona
  • Sonhos de robô
  • Spider-Man: Across the Multiverse (Homem-Aranha: Através do Multiverso)

Melhor Documentário nos Óscares 2024

A menos que haja uma surpresa, esta categoria parece estar decidida para o documentário de grande impacto sobre a guerra na Ucrânia, “20 Days in Mariupol”. “Four Daughters” conta a vida de uma mãe na Tunísia após o desaparecimento das suas duas filhas. O documentário canadiano “To Kill a Tiger” leva-nos à Índia, onde um agricultor enfrenta a justiça após a violação em grupo da sua filha de 13 anos. 

O chileno “A Memória Infinita” tem um sabor latino, retratando a evolução de um casal em que ele tem Alzheimer. O filme inglês “Bobi Wine” aborda as eleições ugandesas de 2021 e a luta do músico contra o regime opressivo ao fim de 35 anos.

E, finalmente, o vencedor foi 20 dias em Mariupol!

  • Bobi Wine: O Presidente do Povo
  • A Memória Eterna
  • Quatro Filhas
  • Para Matar um Tigre
  • 20 Dias em Mariupol (vencedor)

Melhor Argumento Original nos Óscares 2024

Apesar de acreditarmos no poder da encenação nesta casa, não vamos negar a Robert McKee que o argumento é muito importante e, se for algo original, tem realmente o dobro do mérito. O nosso preferido, confessamos, é o argumento de Celine Song para “Vidas Passadas”, e como não vai ganhar o prémio de Melhor Filme, não queremos que vá de mãos a abanar. No entanto, provavelmente o mais poderoso é o argumento de “Anatomia de uma Queda”, assinado por Justine Triet e Arthur Harari.

E, finalmente, o vencedor foi Justine Triet e Arthur Harari por “Anatomia de uma queda”!

  • Justine Triet e Arthur Harari por Anatomia de uma queda (vencedor)
  • David Hemingson para Aqueles que ficam
  • Bradley Cooper e Josh Singer para Maestro
  • Samy Burch para Segredos de um Escândalo
  • Canção de Celine para Past Lives (Vidas Passadas) 

Melhor Argumento Adaptado nos Óscares 2024

Este pode ser um prémio de consolação para Barbie e Greta Gerwig (já lhe roubaram por “Little Women”), embora esta deva ser a categoria em que “American Fiction” vence. Vemos poucas hipóteses para “A Zona de Interesse”, um filme mais sobre a encenação do que sobre o argumento. Mas não nos surpreenderia se Tony McNamara ganhasse por “Poor Things”. Seria surpreendente se a Academia começasse a premiar Nolan pelo seu talento mais fraco, o argumento.

E finalmente, o vencedor foi Cord Jefferson para “Ficção Americana”!

  • Cord Jefferson para Ficção Americana (vencedor)
  • Greta Gerwig e Noah Baumbach para Barbie
  • Christopher Nolan para Oppenheimer
  • Tony McNamara para Poor Things
  • Jonathan Glazer para A Zona de Interesse

OS DIRETORES MAIS INFLUENTES DO CINEMA

Melhor Montagem nos Óscares 2024

Juntamente com a realização, o argumento e o design de produção, nada é mais importante para saber se um filme é bom ou não. De facto, é muito raro que um filme que não se destaque na edição ganhe o grande prémio. 

Nolan é sempre visualmente impressionante nas suas edições, por isso “Oppenheimer” tem essa vantagem. “Killers of the Flower Moon” será prejudicado pela sua duração e ritmo irregular, e “Those Who Stay” tem tanto de brilhante como de invisível. “Poor Things” também poderia ser uma surpresa, mas se não fosse por Nolan, a edição impecável do ano pertence a Anatomia de uma Queda.

E, finalmente, o vencedor foi Oppenheimer!

  • Anatomia de uma queda
  • Aqueles que ficam
  • Assassinos da Lua Florida
  • Oppenheimer (vencedor)
  • Coitadinhos

Melhor Cinematografia nos Óscares de 2024

A fotografia é sempre uma das tarefas cinematográficas preferidas do público, embora por vezes atribuamos ao realizador méritos que pertencem ao operador de câmara. A nomeação do filme “O Conde” de Pablo Larraín é surpreendente, pois pensávamos que tinha sido esquecido pela Academia. “Killers of the Flower Moon”, “Oppenheimer” e “Poor Things” são fortes candidatos, mas talvez o que mais se destaque seja o trabalho de Libatique em “Maestro”.

E, finalmente, o vencedor foi Hoyte Van Hoytema por Oppenheimer!

  • Edward Lachman para O Conde
  • Rodrigo Prieto para Killers of the Flower Moon (Assassinos da Lua Florida)
  • Matthew Libatique para Maestro
  • Hoyte Van Hoytema por Oppenheimer (vencedor)
  • Robbie Ryan para Poor Things (Coisas pobres)

Melhor Banda Sonora Original nos Óscares de 2024

Outro favorito do público é o Original Score, embora ultimamente os filmes optem por canções originais. Aqui vemos um velho amigo como John Williams, que parece ter o seu lugar sempre reservado. No entanto, acreditamos que o vencedor desta vez será um talento atual como Ludwig Göransson pela sua composição para “Oppenheimer”.

E, finalmente, o vencedor foi Ludwig Göransson por Oppenheimer!

  • Laura Karpman para American Fiction (Ficção Americana)
  • John Williams para Indiana Jones e o Disco do Destino
  • Robbie Robertson para Killers of the Flower Moon (Assassinos da Lua das Flores)
  • Ludwig Göransson por Oppenheimer (vencedor)
  • Jerskin Fendrix para Poor Things (Coisas pobres)

Melhor Canção Original nos Óscares de 2024

Esta é a categoria da Barbie, e apesar de “Dance the Night” de Dua Lipa ter sido descartada, parece ser uma batalha entre duas actuações de nomes como Billie Eilish (com “What I Was Made For?”) e, hum, Ryan Gosling (com “I’m Just Ken”). Além disso, acreditamos que o bom e velho Ryan vai passar o restante mês e meio a fazer campanha para que o jovem prodígio não ganhe.

E finalmente, o vencedor foi Billie Eilish e Finneas O’Connell por “What Was I Made For?” em Barbie!

  • Diane Warren por “The Fire Inside” em “Flamin’ Hot: The Story of Spicy Cheetos
  • Mark Ronson e Andrew Wyatt para “I’m Just Ken” em Barbie 
  • Jon Batiste e Dan Wilson para “It Never Went Away” em American Symphony
  • Scott George para “Wahzhazhe: A Song for My People” em Killers of the Flower Moon
  • Billie Eilish e Finneas O’Connell por “What Was I Made For?” em Barbie (vencedor)

Melhor design de produção nos Óscares de 2024

Esta categoria, que poderíamos definir rapidamente como o filme mais bem executado, é aquela que coincide habitualmente com o grande prémio de Melhor Filme. Por isso, prestemos atenção. Normalmente, ganha um filme com uma grande exibição de cenários, localizações, etc. Todos os nomeados são poderosos, mas acreditamos que nada será mais recordado em termos de design de produção do que o mundo cor-de-rosa da Barbie.

E finalmente, o vencedor foi o Poor Things!

  • Barbie
  • Assassinos da Lua Florida
  • Napoleão
  • Oppenheimer
  • Poor Things (vencedor)

Melhor Figurino nos Óscares de 2024

Certamente, Barbie tinha uma vantagem histórica aqui, mas seus rivais também fizeram méritos. Poor Things também é um grande concorrente, e Napoleon seria o nosso favorito se o filme tivesse tido mais sorte nas outras categorias.

E finalmente, o vencedor foi o Poor Things!

  • Barbie
  • Assassinos da Lua Florida
  • Napoleão
  • Oppenheimer
  • Poor Things (vencedor)

GLOBO DE OURO 2024: TUDO O QUE VOCÊ AINDA PODE SABER!

Melhor Maquilhagem e Penteado nos Óscares 2024

Presença espanhola nesta categoria com a segunda nomeação para “A Sociedade da Neve”, e o seu trabalho de caraterização dos jovens vítimas de um acidente nos Andes em 1972 é extraordinário. No entanto, tanto a maquilhagem de Willem Dafoe em “Poor Things” como a incrível caraterização de Cooper como Bernstein em “Maestro” parecem ser apostas mais vencedoras.

E, finalmente, o vencedor foi o Poor Things!

  • Golda
  • Maestro
  • Poor Things (vencedor)
  • Oppenheimer
  • A Sociedade da Neve

Melhor som nos Óscares 2024

Presença aqui de produções técnicas com pouco progresso no resto das categorias, como “Missão Impossível” ou “O Criador”. No entanto, vemos uma concorrência mais forte de um rival musical como “Maestro” ou o filme mais nomeado da noite, “Oppenheimer”. Afinal, a cena da bomba destaca-se mais pelo seu trabalho sonoro do que visual.

E, finalmente, o vencedor foi A Zona de Interesse!

  • O Criador
  • Maestro
  • Oppenheimer
  • A Zona de Interesse (vencedor)
  • Mission: Impossível: Ajuste de Contas Morto – Parte 1 

Melhores efeitos visuais nos Óscares de 2024

A categoria mais inclinada para os Blockbusters dá um aceno à Marvel, que tem apenas um filme nomeado, e à DC, que não tem nenhum. A bilheteira dos filmes de super-heróis tem diminuído proporcionalmente à forma como a sua tacanhez tem aumentado. Reconhecimento aqui para “Godzilla Menos Um” e “Napoleão”. O enésimo “Missão Impossível” de Tom Cruise é também um forte candidato.

E finalmente, o vencedor foi o Godzilla Menos Um!

  • O Criador
  • Godzilla Minus One (vencedor)
  • Guardiões da Galáxia Vol. 3
  • Napoleão
  • Mission: Impossível: Ajuste de Contas Morto – Parte 1 

Melhor curta-metragem nos Óscares de 2024

Tínhamos esperança de ver Pedro Almodóvar nesta categoria com Estranha Forma de Vida, mas parece que não foi suficiente. O nome mais proeminente da lista é Wes Anderson com The Wonderful Story of Henry Sugar, protagonizado por Benedict Cumberbatch, que pode ser visto na Netflix.

E, finalmente, o vencedor foi A História Maravilhosa de Henry Sugar!

  • O Depois
  • Invencível
  • Cavaleiro da Fortuna
  • Vermelho, branco e azul
  • A História Maravilhosa de Henry Sugar (vencedor)

Melhor curta-metragem de animação nos Óscares de 2024

Uma curta-metragem israelita (dadas as circunstâncias), outra italiana, outra francesa e duas americanas compõem esta categoria sempre cheia de imaginação, que, sem a participação da Pixar, parece estar em aberto.

E finalmente, o vencedor foi War is Over! Inspirado na música de John & Yoko!

  • Carta a um porco
  • Noventa e cinco sentidos
  • O nosso uniforme
  • Paquiderme
  • A Guerra Acabou! Inspirado na música de John & Yoko (vencedor)

Melhor Curta-Metragem Documental nos Óscares 2024

Uma curta-metragem sobre a proibição de livros, outra sobre as ilhas Kinmen, uma carta de amor do realizador às suas avós (Nai Nai e Wài Pó), um estudo da disparidade racial através de um barbeiro, e The Last Repair Shop, uma homenagem ao poder terapêutico da música, compõem esta categoria muitas vezes esquecida. Porquê? Porque quase nenhum destes filmes é de fácil acesso. Mais uma vez, aproveitamos a oportunidade para apelar às plataformas para que invistam em curtas-metragens.

E, finalmente, o vencedor foi A Última Oficina!

  • O ABC da proibição de livros
  • O barbeiro de Little Rock
  • Ilha no meio
  • A Última Oficina de Reparação (vencedor)
  • Nai Nai e Wai Po

E você, esperava esses vencedores? Assistiu a todos esses filmes?

Chegamos ao final do post, com este grande momento da noite:

CATEGORIAS

ÚLTIMOS POSTADOS

TAG

ÚLTIMOS POSTADOS

RICARDO ROUSSELOT: JÚRI DO NOSSO CONCURSO E MESTRE DO DESENHO

Don’t forget our 100 years Smoking contest as we celebrate our 100 years of heritage! We’ve assembled an all-star panel of judges, including members of MCM, our esteemed partners at Rousselot, and international partners from the Smoking Creators line.  Today we talk about Ricardo Rousselot, jury of our contest and master of lettering design! Surely, […]

OS 5 MELHORES PARQUES DE DIVERSÕES DA EUROPA!

Damos uma vista de olhos aos 5 melhores parques de diversão mais impressionantes da Europa. Temos certeza de qual deles visitaremos primeiro, e você? Os parques de diversões mais espetaculares da Europa Adrenalina, emoção, alegria, ilusão e muita diversão. Uma combinação de emoções positivas que desfrutaremos se passarmos um dia num parque de diversões. P […]

ESTILO INDIE: RAÍZES, INFLUÊNCIAS E DICAS

O estilo indie, também chamado de indie rock, é um movimento cultural e musical que surgiu nas décadas de 1980 e 1990 e hoje envolve não só a música, mas também a moda e o estilo de vida. O conceito “indie” deriva de “independente” e representa uma atitude alternativa e contracultural. Neste post, vamos explorar […]

RICARDO ROUSSELOT: JÚRI DO NOSSO CONCURSO E MESTRE DO DESENHO

Don’t forget our 100 years Smoking contest as we celebrate our 100 years of heritage! We’ve assembled an all-star panel of judges, including members of MCM, our esteemed partners at Rousselot, and international partners from the Smoking Creators line.  Today we talk about Ricardo Rousselot, jury of our contest and master of lettering design! Surely, […]

OS 5 MELHORES PARQUES DE DIVERSÕES DA EUROPA!

Damos uma vista de olhos aos 5 melhores parques de diversão mais impressionantes da Europa. Temos certeza de qual deles visitaremos primeiro, e você? Os parques de diversões mais espetaculares da Europa Adrenalina, emoção, alegria, ilusão e muita diversão. Uma combinação de emoções positivas que desfrutaremos se passarmos um dia num parque de diversões. P […]

ESTILO INDIE: RAÍZES, INFLUÊNCIAS E DICAS

O estilo indie, também chamado de indie rock, é um movimento cultural e musical que surgiu nas décadas de 1980 e 1990 e hoje envolve não só a música, mas também a moda e o estilo de vida. O conceito “indie” deriva de “independente” e representa uma atitude alternativa e contracultural. Neste post, vamos explorar […]

RICARDO ROUSSELOT: JÚRI DO NOSSO CONCURSO E MESTRE DO DESENHO

Don’t forget our 100 years Smoking contest as we celebrate our 100 years of heritage! We’ve assembled an all-star panel of judges, including members of MCM, our esteemed partners at Rousselot, and international partners from the Smoking Creators line.  Today we talk about Ricardo Rousselot, jury of our contest and master of lettering design! Surely, […]

OS 5 MELHORES PARQUES DE DIVERSÕES DA EUROPA!

Damos uma vista de olhos aos 5 melhores parques de diversão mais impressionantes da Europa. Temos certeza de qual deles visitaremos primeiro, e você? Os parques de diversões mais espetaculares da Europa Adrenalina, emoção, alegria, ilusão e muita diversão. Uma combinação de emoções positivas que desfrutaremos se passarmos um dia num parque de diversões. P […]

ESTILO INDIE: RAÍZES, INFLUÊNCIAS E DICAS

O estilo indie, também chamado de indie rock, é um movimento cultural e musical que surgiu nas décadas de 1980 e 1990 e hoje envolve não só a música, mas também a moda e o estilo de vida. O conceito “indie” deriva de “independente” e representa uma atitude alternativa e contracultural. Neste post, vamos explorar […]

Newsletters

AS ÚLTIMAS NOVIDADES DO
ROLL AND FEEL? ASSINE O NEWSLETTER AQUI

FIQUE LIGADO NÃO PERCA NOSSAS HISTÓRIAS!